Pular para conteúdo
Buscar

Itaúsa reporta lucro líquido recorrente de R$ 2,7 bilhões no 3T21 com aumento de 35% em relação ao mesmo período do ano passado

 

A Itaúsa, holding brasileira de investimentos, reporta lucro líquido recorrente de R$ 2,7 bilhões no terceiro trimestre do ano, 35% superior ao mesmo período do ano passado. Já o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) recorrente foi de 17,7% ao ano. O lucro líquido total reportado foi de R$ 2,4 bilhões, afetado por eventos não recorrentes, que totalizaram efeito negativo de R$ 313 milhões no 3T21. 

“Tivemos mais um trimestre de resultados positivos e consistentes das nossas empresas do portfólio, mostrando a cada período a evolução crescente dos negócios. Continuaremos atentos ao cenário macroeconômico e político do país, sem perder o foco na entrega de sólidos resultados em 2021”, afirma Alfredo Setubal, presidente da Itaúsa. 

No setor financeiro, Itaú Unibanco atingiu lucro líquido de R$ 6 bilhões no 3T21, representando crescimento de 28,4% em relação ao mesmo período de 2020, fruto, principalmente, do aumento de 15,5% do Produto Bancário. A carteira de crédito total avançou 13,7% impulsionada pelo crescimento nos segmentos de pessoas físicas (+28%) e micro, pequenas e médias empresas (+19%). 

Já no segmento de bens de consumo, a Alpargatas reportou crescimento de 12,7% na receita líquida, impulsionada pelo forte desempenho em Havaianas, fruto da combinação de melhor preço/mix e crescimento do volume no mercado internacional. No acumulado dos nove meses do ano, a Havaianas Internacional atingiu a marca histórica de 25 milhões de pares vendidos, com aumento de receita líquida na Europa, EUA e China. Já Havaianas Brasil contribuiu com melhor terceiro trimestre da história em termos de volume e receita líquida. No setor de materiais de construção, a Dexco apresentou crescimento de receita líquida em todas as divisões de negócios, devido ao melhor mix de produtos, somado à bem-sucedida implementação de aumentos de preços. Isso resultou em ganhos de produtividade e maior eficiência das fábricas garantindo à Dexco o maior nível histórico de EBITDA Ajustado e Recorrente para um trimestre. A companhia reportou lucro líquido recorrente de R$ 268 milhões, incremento de 52,3% em relação ao mesmo período de 2020. 

Em transporte e distribuição de gás natural, a Copa Energia apresenta receita líquida de R$ 2,8 bilhões e cresce 37,5% comparado ao mesmo trimestre de 2020, em função do incremento de preço médio. O aumento do EBITDA e lucro líquido é resultado de reajustes de preços e efeito positivo não recorrente relativo à alienação de ativos à Fogás, parte dos desinvestimentos previstos no acordo celebrado com o CADE. NTS tem aumento de 24,1% de receita líquida no 3T21, fruto de reajustes contratuais. O lucro líquido foi de R$ 769 milhões e avançou 19,5%, apesar do impacto negativo do aumento da despesa financeira no trimestre. 


Em saneamento básico, Aegea tem consistente crescimento do EBITDA e do Lucro Líquido no 3T21. A receita líquida aumentou 33,4%, atingindo R$ 780 milhões no trimestre, e reflete: o crescimento do volume faturado em 18,8%; o crescimento das Receitas de Contraprestação das PPPs, em decorrência do maior volume de investimentos executados no ano, com destaque para as novas PPPs; e os reajustes tarifários anuais ordinários, implementados entre os períodos. 

E XP Inc. divulgou lucro líquido de R$ 936 milhões com crescimento de 73%, comparado ao mesmo período do ano passado, resultado do aumento da receita e alavancagem operacional. Os ativos sob custódia cresceram 40% em relação ao 3T20, impulsionado por R$ 219 bilhões de captação líquida e R$ 7 bilhões de valorização do mercado. A receita líquida trimestral atingiu recorde histórico e cresceu 51%, fruto do progresso no negócio de varejo.

Sobre a Itaúsa 
A Itaúsa é uma holding brasileira de investimentos de capital aberto com mais de 45 anos de trajetória. Com amplo portfólio de empresas líderes em seus segmentos e presentes em mais de 50 países, a companhia tem mais de 900 mil acionistas pessoas físicas, uma das maiores bases acionárias da bolsa de valores brasileira. 

Ela investe em empresas relevantes da economia, com destaque em seus setores, tais como Itaú Unibanco, XP Inc., Alpargatas, Dexco, Aegea Saneamento, Copa Energia e NTS, atuando com seriedade, ética, disciplina e confiança em todas as ações, decisões de investimento e relacionamentos que cultiva. A Itaúsa tem como propósito a criação sustentável de valor para os acionistas e para toda a sociedade.
 

Mais informações à imprensa

Deal Comunicações: (11) 2121-7430
Dariela Assumpção – dariela@dealcomunicacoes.com.br
Clarissa Toscano – clarissa@dealcomunicacoes.com.br
Stefânia Akel – stefania@dealcomunicacoes.com.br
Utilizamos os cookies necessários para o correto funcionamento do nosso site e cookies dos nossos parceiros para fornecer a melhor experiência possível para você, além de monitorar e analisar o tráfego no nosso website. Suas preferências podem ser alteradas a qualquer momento nas definições de cookies de seu navegador. Para mais informações acesse nosso Termo de Privacidade.. OK
go to top hlkCulturaEnUS